ÁCIDO D-ASPÁRTICO – ESSENTIA PHARMA

  • Aumenta os níveis de testosterona
  • Estimula a secreção de LH e GH
  • Melhora da fertilidade

O QUE É O ÁCIDO D-ASPÁRTICO?

É um aminoácido não essencial com função de neurotrasmissor e neurosecretor envolvido diretamente na regulação da liberação e síntese do hormônio luteinizante (LH) e testosterona2,3.

 

TODO ÁCIDO ASPÁRTICO É IGUAL?

Não. Por ser um enantiômero, possui uma molécula espelho idêntica porém invertida. Assim, ele pode ser Ácido D-aspártico ou Ácido L-aspártico. Apesar de muito parecidos, apenas a forma “D” é capaz de se ligar ao receptor e exercer efeito terapêutico. A forma “L” necessita de ativação enzimática para transformar-se na forma ativa “D”. A Essentia Pharma disponibiliza somente a forma de Ácido D-aspártico para manipulação oral.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DO ÁCIDO D-ASPÁRTICO?

O Ácido D-aspártico é encontrado em todo corpo porém os níveis são mais elevados na hipófise, glândula pineal e nos testículos3. Sua ação está focada principalmente na liberação de hormônios como testosterona, progesterona, hormônio do crescimento (GH) e prolactina mas há relatos que esse aminoácido possa estar também implicado em diferentes atividades neuronais como neurogênese (formação de novos neurônios), visão, processo de aprendizado e memória e pode auxiliar em tratamento de depressão e sintomas de esquizofrenia1.
Hormonal: na hipófise, atua na regulação da atividade de glândulas endócrinas pela liberação de diversos hormônios como o liberador de gonadotrofinas (GnRH), LH e GH. Também age como um regulador local na síntese de testosterona nos testículos, mais precisamente nas células de Leydig. Estudos em animais mostraram que os níves de testosterona quase triplicaram após uso do Ácido D-aspártico2,3 e que administrando 2 doses distintas do aminoácido foi observado um aumento de testosterona nas células de Leydig e do hormônio LH na hipófise3, conforme gráficos abaixo:


Em humanos os resultados foram semelhantes, administrando uma dose de 3,12g em homens observou-se um aumento 42% e de 33,33% dos níveis de testosterona e LH, respectivamente, após 12 dias de tratamento e, mesmo 3 dias após interromper o uso do aminoácido as doses continuavam maiores que o nível basal3.
Fertilidade: em mulheres, uma concentração baixa no fluido folicular de Ácido D-aspártico sinaliza uma baixa qualidade das células sexuais femininas e do nível de fertilização. Já em homens, pequenas quantidades de Ácido D-aspártico foram encontradas no líquido seminal e sugere-se que há uma relação da qualidade e motilidade dos espermatozoides. Para comprovar isso, um estudo publicado na revista Advances in Sexual Medicine, realizado com homens diagnosticados com oligoastenozoospermia (diminuição na quantidade e motilidade) ou com astenozoospermia (diminuição na motilidade) comprovou que o uso de Ácido D-aspártico pode melhorar a concentração e motilidade dos espermatozoides3,4.

Performance esportiva: como o Ácido D-aspártico atua na formação de outros aminoácidos, na síntese de proteínas e no aumento dos níveis de testosterona e GH, sua suplementação pode proporcionar melhoria na força muscular, ganho de massa e diminuição da fadiga.
Aprendizagem e memória: o Ácido D-aspártico esta vinculado à liberação de neurotrasmissores como GABA e dopamina o que sugere seu uso na memória e aprendizado ou como coadjuvante no tratamento de depressão6,3.
Imunidade: estimula o sistema imune através do aumento da diferenciação celular e potencialização da imunidade.

 

QUAL A CONCENTRAÇÃO USUAL?

Para homens sugere-se a dose de 0,5g a 3g, em jejum. Inicia-se com uma dose menor e eleva-se progressivamente. Para mulheres, sugere-se a dose de 0,5 a 1,5g, em jejum.
Recomenda-se o uso (quando necessário) de inibidores da aromatase associado ao tratamento, pois há relatos que o ácido D-aspártico pode aumentar a ação da aromatase3.

 

“As informações fornecidas neste site destinam-se ao conhecimento geral e não devem ser um substituto para o profissional médico ou tratamento de condições médicas específicas. Procure sempre o aconselhamento do seu médico ou outro prestador de cuidados de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter a respeito de sua condição médica. As informações contidas aqui não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença. Nunca desconsidere o conselho médico ou demore na procura por causa de algo que tenha lido em nosso site e mídias sociais da Essentia Pharma.”